Foto: Arquivo PC Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Delegado José Carlos

O delegado José Carlos, titular da Delegacia Especializada de Roubos da Capital (Derc), informou nesta segunda-feira (22), que pelo menos três pessoas vão responder por fraudes relativas ao seguro de aparelhos celulares.

De acordo com o delegado, essas pessoas foram identificadas após registrarem Boletins de Ocorrência (BOs) de roubo dos aparelhos com o intuito somente de receberem o seguro, mas os extratos telefônicos destas pessoas, mostram que os celulares nunca deixaram de ser utilizados pelas supostas vítimas.

De acordo com o delegado a Derc será severa neste tipo de apuração. “É inadmissível que pessoas pratiquem esse tipo de fraude para se beneficiar, colocando a polícia para investigar um crime que jamais ocorreu, perdendo assim tempo e recursos”, afirmou José Carlos.

Receptação

 

O delegado José Carlos esclareceu que, dentre os mais de 40 celulares recuperados na semana passada pela Derc, pelo menos duas pessoas que estavam de posse destes aparelhos responderão pelo crime de receptação dolosa. Ao menos oito pessoas responderão por receptação culposa e algumas outras estão sendo investigadas por participação direta no roubo dos aparelhos.

Ainda segundo o delegado, a Derc passará a tratar com bastante rigor pequenas lojas de aparelhos celulares que compram e vendem aparelhos usados sem o devido cuidado na aquisição dos aparelhos.

“Todos sabem a febre que é o roubo de aparelhos celulares. Entã, quando você adquire um aparelho sem nota fiscal de uma pessoa desconhecida, sabidamente envolvida com delitos ou em sites como Facebook e OLX, claramente você assume o risco de comprar um aparelho celular roubado e responder por receptação”, completou.

 

*Ascom PC-AL