Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Uma denúncia de maus tratos e abandono de um cachorro, que ficou trancado em um cômodo por cerca de seis meses, foi formalizada nesta quarta-feira (17), na Delegacia Regional. A ação foi realizada pela presidente da Subseção de Penedo, Luciana Alves, acompanhada por membros da Comissão do Meio Ambiente, Animal e Cidadania.

O cão foi resgatado por militares do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBM/AL) e encaminhado para um abrigo para receber os cuidados necessários.

Conforme a presidente, Luciana Alves, o caso comoveu a população de Penedo devido ao estado grave de abandono em que o animal foi encontrado. Segundo ela, o animal foi deixado para morrer.

“O caso, que aconteceu em uma residência da rua Surubim, no bairro Raimundo Marinho, repercutiu em todo estado. Conseguimos identificar o dono e hoje realizamos a denúncia de maus-tratos e abandono na Delegacia Regional de Penedo. Que o culpado seja responsabilizado pelo crime”, explicou.

Luciana contou que após apuração da comissão, o dono foi identificado. Ela também visitou o animal na clínica veterinária que o acolheu. “Ele está se recuperando, mas ainda continua sentindo muitas dores. Ter deixado ele há aproximadamente seis meses trancado em um cômodo foi uma maldade sem tamanho. A OAB Penedo continua atenta a esse e outros casos”, afirmou.

 

*Com Ascom OAB/AL