Reprodução Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Aeroporto Zumbi dos Palmares

A saída da companhia área Avianca de Alagoas e consequentemente o cancelamentos dos voos refletiu de forma imediata para o setor do turismo em todo o estado, segundo o Milton Vasconcelos, presidente Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH/AL).

Porém, Vasconcelos afirma que outras operadoras já estão se articulando para ampliar a oferta de voos para Alagoas, o que pode provocar uma melhoria, principalmente com a proposta do Governo do estado em reduzir em 8% o ICMS do querosene para aviação.

Segundo a ABIH, apesar de fazer essa medida, considerada como um projeto agressivo, os efeitos desta redução somente poderá ser sentida pelo setor entre os meses de julho e agosto deste ano. A proposta do governo é reduzir o imposto e fortalecer a malha aérea do estado.

De acordo com dados do governo, atualmente o ICMS sob o querosene é de 12%, mas pode chegar até 6% dependendo das ofertas das companhias sobre o número de voos.