Foto: Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Tribunal de Justiça de Alagoas

O réu Willams Henrique Ferreira da Silva, acusado de praticar assaltos na companhia de uma menor de idade, no bairro do Antares, deve cumprir pena de 10 anos e seis meses, inicialmente em regime fechado. A decisão foi do juiz Carlos Henrique Pita Duarte, da 3ª Vara Criminal da Capital, que julgou o réu pelos crimes de roubo majorado e corrupção de menores.

De acordo com o processo, no dia 20 de outubro de 2018, por volta das 19h, na Avenida Menino Marcelo, o réu, na companhia da menor, realizou assaltos utilizando uma moto e arma de fogo. Os dois teriam subtraído três celulares, uma bolsa e uma carteira, de três vítimas diferentes. Consta que logo após o terceiro roubo em um ponto de ônibus, o acusado empreendeu fuga com a moto, se envolveu em um acidente e foi detido por populares.

Durante o interrogatório, Willams Henrique Ferreira da Silva confessou a autoria do crime. A defesa pediu a condenação por pena mínima alegando que o réu confessou espontaneamente. Ainda, requereu que fosse dado o direito de recorrer em liberdade.

“Observo que as qualificadoras foram devidamente comprovadas pelos depoimentos das testemunhas arroladas pela acusação, vítima, e confissão do próprio réu, diga-se consistente, de que o delito ocorrido fora pratica do mediante concurso de pessoas e com emprego de arma de fogo”, destacou o magistrado Carlos Henrique Pita Duarte.

A decisão foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico desta segunda-feira (6).

 

*Com Ascom TJ/AL