Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Sede OAB/AL

O corte nos recursos da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e no Instituto Federal de Alagoas (IFAL) anunciados na semana passada pelo presidente Jair Bolsonaro levantou polêmica diante do assunto. A OAB Alagoas enviou uma nota na manhã desta segunda-feira (06) e disse que “o enfraquecimento das instituições é o enfraquecimento da educação profissional”.

Em nota, a OAB disse que a Universidade Pública é o berço da produção científica do país em todas as áreas e que o corte no orçamento das universidades e a retirada de investimentos nos cursos da área de humanas é algo que preocupa, e que pode comprometer a formação de milhares de estudantes.

Confira a nota na íntegra:

A Universidade Pública é o berço da produção científica do país em todas as áreas. O corte no orçamento das universidades e a retirada de investimentos nos cursos da área de humanas é algo que nos preocupa, e que pode comprometer a formação de milhares de estudantes. Em Alagoas, o corte chegou a mais de R$ 13 milhões nas instituições federais. A Universidade Federal de Alagoas e o Instituto Federal de Alagoas formaram grandes profissionais e desenvolveram pesquisas reconhecidas mundialmente. O enfraquecimento delas, é o enfraquecimento da nossa educação profissional. A OAB-AL defende o fortalecimento das universidades e sua autonomia, como espaço de formação e produção do conhecimento.

*com Assessoria