Foto: Emerson Limma Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Estádio Rei Pelé

O dia do clássico CRB x CSA está marcado para domingo (21), no estádio Rei Pelé, no bairro do Trapiche, em Maceió e vai contar com o reforço de mais de 468 policiais. Diante de alguns casos de agressões que foram registrados nos últimos jogos, o subcomandante de policiamento da capital, tenente Lima Neto afirmou nesta terça-feira (16) que a polícia vai tentar inibir e coibir os delitos das torcidas organizadas.

O tenente afirmou que fica entristecido com os “marginais infratores que estão travestidos de torcedores” e que a polícia registrou alguns pontos de brigas entre torcidas. Com relação aos jogos passados, o tenente disse que vai encaminhar ao Ministério Público um relatório circunstanciado citando as ocorrências.

“Tivemos um fato na avenida Durval de Goes Monteiro e outro na praça Marcílio Dias. Tentaremos inibir esses delitos das torcidas organizadas que de organizadas não tem nada”, ressaltou o subcomandante.

Para ele, existem quatro ou cinco “maloqueiros” que atrapalham o sucesso de um bom futebol e que impede um pai de família de ir ao campo com os filhos.

*estagiário sob a supervisão da editoria