Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Fonte: StockSnap / Pixabay

Quantas vezes por ano você pensa em começar a fazer exercícios? Quantas vezes, nos últimos anos, você já começou a praticar atividades diferentes e desistiu antes de completar o primeiro mês? Pois é... Seja para emagrecer, melhorar a saúde ou ganhar músculos, quase todo mundo tem vontade de incorporar exercícios em sua rotina, mas pouca gente consegue levar esse desejo a sério.

 

Por isso, hoje, vamos trazer quatro dicas para que você incorpore os exercícios em sua rotina e passe a encará-los como um hábito, e não mais uma obrigação. Assim, será muito mais fácil levar uma vida saudável. Vamos lá?

 

Encontre a atividade perfeita

 

Gostar da atividade praticada é um grande passo para torná-la um hobby. Diversos estudos de universidades no mundo inteiro, incluindo este da Universidade de Vermont, já provaram que o corpo responde melhor ao exercício quando o praticante tem prazer em realizá-lo.

 

Às vezes, porém, você não sentirá “amor à primeira vista” pelo exercício praticado. Dê tempo ao tempo. Ao escolher uma nova atividade, comprometa-se a praticá-la por pelo menos três meses antes de cogitar a desistência. Decida por atividades pelas quais você tem interesse, mesmo que nunca tenha praticado.

 

O que não faltam por aí são opções: da corrida ao boxe, do futebol ao pilates... Teste todos até encontrar o ideal!

 

Compre equipamentos de qualidade

 

Caso decida por praticar exercícios em casa, preste muita atenção na qualidade dos equipamentos adquiridos. Acessórios de má qualidade podem apresentar problemas nas primeiras semanas e fazer com que você desanime ao primeiro sinal de mau funcionamento.

 

Seja um simulador de caminhada, um saco de pancadas ou um aparelho de remo indoor, busque equipamentos de qualidade. Cada produto tem uma série de aspectos a serem avaliados antes da compra.

 

Vamos pegar como exemplo a esteira, um dos aparelhos de exercício mais presentes nas casas e prédios do Brasil. Segundo o site vcemforma.com.br, antes de comprar uma, você precisa avaliar os seguintes fatores: dimensões, velocidade, potência, inclinação, sistema de amortecimento, segurança e funções extras.

 

Só assim, você poderá escolher com propriedade sua esteira. E isso deve ser feito com qualquer aparelho. Não deixe que a má qualidade dos acessórios tire sua vontade de praticar exercícios!

 

Encontre parceiros de exercício

 

Uma boa companhia tem o poder de deixar qualquer momento da vida mais agradável. E isso se aplica também aos exercícios físicos. Esteja você querendo começar a praticar boxe, natação, caminhada ou qualquer outra atividade, ter uma parceria que não lhe deixe desanimar vai facilitar e muito a tarefa de incorporar exercícios em sua rotina.

 

Pode ser seu namorado (a), esposo (a), um parente próximo, distante ou um amigo. Escolha alguém que você sabe que lhe faz bem e que sempre estará lhe colocando para cima. Assim, um vai fazer com que o outro não desista quando a preguiça tentar atrapalhar.

 

Tenha o acompanhamento de um profissional

 

Acompanhar seu progresso não é a única função de um profissional da saúde. Fazer exercícios sob a supervisão de um personal trainer ou com acompanhamento periódico de um nutricionista também fará com que você não exagere e nem desista da sua nova rotina tão fácil assim.

 

Além de saber exatamente o que fazer para seguir sempre progredindo, ter um profissional ao lado vai fazer com que você tenha a sensação de que precisa “prestar contas” a alguém, e isso pode lhe ajudar a não desistir tão facilmente.

 

Procure indicações de bons profissionais em sua região e vá em frente, mas não se esqueça: o principal responsável por sua mudança tem que ser você mesmo!