(Foto: ASCOM/PC) Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Delegado Antônio Edson, titular da Deccotap

A Polícia Civil de Alagoas, por meio da Delegacia dos Crimes Contra a Ordem Tributária e a Administração Pública (Deccotap), conseguiu, somente no ano de 2018, promover a devolução de R$ 74.740,00, ao erário estadual, após investigações da especializada que gerou acordos firmados entre autores de estelionato previdenciário e o AL-Previdência.

A Deccotap, de acordo com o delegado Antônio Edson, é responsável entre outras ações pela investigação do chamado estelionato previdenciário. Ele informou que, obteve a informação dos valores que foram devolvidos ao erário, no ano passado, após o envio de ofício ao órgão previdenciário estadual.

“Essa devolução se deu, depois da apuração dos crimes cometidos contra o AL-Previdência, e seus autores terem comparecido ao órgão para firmar acordos. Isso, no entanto, não isenta essas pessoas de responderem criminalmente pelo ato ilegal cometido”, explicou o delegado.

O dinheiro recuperado resulta de vários inquéritos instaurados pela delegacia especializada para a apuração dessa modalidade de crime. Entre as ações criminosas, está o recebimento de aposentadorias e pensões de pessoas já falecidas.