Reprodução Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Alagoana foi morta pelo ex-marido a tiros em SP

O corpo da dona de casa Maria Elitácia dos Santos, de 22 anos, morta a tiros no meio da rua, em Dumont (SP), será enterrado em Porto Calvo (AL), cidade natal dela. A previsão é que ela seja sepultada na sexta-feira (12).

A alagoana foi assassinada nessa quarta-feira (10), quando passava pela rua onde estava morando com os filhos. O principal suspeito do caso é o ex-marido de Elitácia, que foi preso em flagrante momentos depois do assassinato. 

Imagens de uma câmera de segurança da região mostram quando a alagoana Maria Elitácia é surpreendida pelo suspeito e morta a tiros em via pública. O casal estava separado há cerca de um mês e a suspeita da polícia é que o homem tenha agido por não se conformar com o fim do relacionamento. A Polícia Civil vai investigar o caso como feminicídio.

Segundo uma amiga da vítima, que prefere não se identificar, Maria Elitácia, o marido e os quatro filhos, com idades entre um e sete anos, se mudaram para Dumont há dois meses e buscavam emprego. O casamento, no entanto, havia acabado há um mês.  Segundo informações, o ex-marido de Maria Elitácia teria cometido o crime, pois não aceitava o fim do relacionamento.                                                   

A polícia prendeu ainda um outro suspeito por estar conduzindo o veículo em que dava fuga ao autor do crime. A Polícia Civil do estado de São Paulo deverá investigar o caso.

 

*Com G1