Alagoas irá receber ainda mais turistas do Paraná a partir do final deste ano. No dia 18 de dezembro, começa a operar um voo charter, com partidas de Londrina com destino a Maceió. O voo vai atender principalmente a população residente na região Norte do Paraná, contribuindo para ampliar o fluxo de turistas daquele Estado a Alagoas. A novidade foi anunciada na terça-feira, 22, em Maringá (PR), em workshop promovido pela Secretaria de Turismo de Alagoas (Setur), Secretaria Municipal de Turismo de Maceió (Semptur), Associação Brasileira da Indústria de Hotelaria de Alagoas (ABIH-AL) e agência CVC.

De dezembro até o final do carnaval de 2010, os voos charters fretados pela CVC terão embarques semanais, às sextas-feiras, com capacidade para 180 pessoas. Para isso, serão disponibilizados pacotes de oito dias e sete noites, explorando rotas turísticas diversificadas.

O lançamento do voo charter Londrina-Maceió foi definido com base em dados de mercado, que registram uma grande demanda do destino Alagoas por parte dos turistas do Norte do Paraná. Segundo o representante da CVC em Londrina, José Carlos Quilici, nas linhas regulares, Alagoas é hoje o destino mais procurado pelos turistas da região. “De cada 10 pessoas que saem do Norte do Paraná para fins de Turismo, 6 vão para o Alagoas”, apontou.

Os nove embarques por meio do voo charter devem trazer a Maceió mais 2,2 mil pessoas. Mas, o número de turistas do Norte do Paraná que devem visitar Alagoas pode ultrapassar a casa dos 3,5 mil, no período de dezembro ao final de fevereiro, se levarmos em conta outras modalidades do voos, de acordo com estimativas da CVC.

FACILIDADES

O lançamento do voo charter Londrina-Maceió facilita a vida dos turistas paranaenses que querem visitar Alagoas. As viagens serão diretas, já que antes desta iniciativa, para embarcar a Alagoas, os paranaenses tinham que se deslocar a outros centros ou optar por voos regulares, o que ampliava o tempo das viagens e o custo do passeio.

Outro detalhe que merece destaque é a parceria com os principais hotéis e resorts alagoanos, por meio da qual foi possível baratear o custo dos pacotes turísticos. “Com isso, teremos condições de oferecer um produto melhor. O resultado é o fortalecimento do turismo de Alagoas, que poderá receber um número maior de visitantes”, disse o representante da CVC.