Estão abertas as inscrições para o seminário internacional que vai debater, a partir de quarta-feira (23), a gestão do desenvolvimento de áreas costeiras. Com a participação de especialistas italianos da Universidade de Ferrara, o encontro acontece até o dia 25, no Miramar Resort, em Maragogi.

Alagoas sedia o evento por apresentar correlações com algumas regiões da Itália. O município de Maragogi, além das belezas naturais, possui infraestrutura de eventos e realidade socioeconômica e ambiental compatíveis com o foco dos estudos.
A iniciativa é do governo de Alagoas, através da Secretaria do Planejamento e do Orçamento, CNI, Fiea e Sebrae/AL, com o apoio da Universidade de Ferrara, Prefeitura de Maragogi, Ufal, Secretaria da Ciência e Tecnologia e da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

“Nosso objetivo é traçar um amplo painel das experiências de desenvolvimento vivenciadas na costa italiana, assim como apresentar aos especialistas estrangeiros e demais participantes o que vem sendo implementado em Alagoas em diversos setores da economia, em todo nosso litoral”, destaca o secretário do Planejamento e Orçamento, Sérgio Moreira.
Para o Sebrae/AL, momentos como este são de grande importância para a troca de experiências entre os alagoanos com pessoas de outros estados e países. ”É uma oportunidade de realizarmos ações de desenvolvimento sócioeconômico e de preservação ambiental, numa área costeira de 230 km de extensão. A ideia é criarmos um ambiente favorável para a concretização da sustentabilidade”, diz o superintendente Marcos Vieira.

Segundo o prefeito de Maragogi, Marco Madeira, o município está orgulhoso por ter sido escolhido para sediar o seminário. “Sem dúvida, eventos internacionais deste porte trazem novas alternativas para o desenvolvimento sustentável de toda a região”, afirma.

A Federação das Indústrias do Estado de Alagoas, através de seu presidente, José Carlos Lyra de Andrade, reforça a importância do evento, tanto pela qualidade técnica e excelência dos palestrantes e debatedores como por configurar uma parceria que vem se estreitando no decorrer do tempo entre governo, setor produtivo e instituições ambientais, em prol de um estado social, econômica e ambientalmente sustentável.

"Aprender com quem tem expertise é uma forma inteligente de encurtar etapas. Os pesquisadores da Universidade de Ferrara têm competência notória em desenvolvimento sustentável e, através do seminário, trará para Alagoas soluções inteligentes adotadas na Itália, e que poderão ser inspiradoras para que nosso Estado possa atingir os patamares de desenvolvimento desejados sem prejuízos para o meio ambiente”, afirma José Carlos Lyra.

Um amplo painel de apresentações faz parte do programa do seminário. Dentre os principais temas, destacam-se: O problema de áreas costeiras entre conservação e desenvolvimento econômico, que será apresentado pelo diretor do Master Internacional Eco Polis, da Universidade de Ferrara, Gianfranco Franz; A gestão integrada de zonas costeiras em território com dificuldades de desenvolvimento, apresentado por David Marino, da Universidade de Molise, e o Modelo para realização de obras de grande porte com baixo impacto ambiental em zonas costeiras, por Marco Gonnela, da empresa Med Engenharia.

Para debater e moderar os debates foram escolhidos especialistas que, em sua maioria, fazem parte dos quadros das instituições locais, principalmente da Universidade Federal de Alagoas. A iniciativa visa permitir que as discussões foquem a realidade Alagoana no confronto com os estudos internacionais.

As inscrições para o seminário são gratuitas e devem ser confirmadas pelo telefone 0800 570 0800.