Cortesia assessoria IMA Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Piscinas Naturais da Pajuçara

As belezas naturais de Maceió são um dos maiores atrativos para turistas e visitantes. Para preservar e conservar as piscinas naturais e a segurança dos usuários a Secretaria Municipal de Promoção do Turismo (Semptur) fiscalizou as jangadas que fazem os passeios na Praia de Pajuçara. No total foram verificadas 50 embarcações.

Órgãos do Conselho Gestor das Embarcações Turísticas da capital estiveram envolvidos na ação. Segundo informações da assessoria de Comunicação da Semptur, a secretária-executiva do Conselho,  Tacianna Oliveira, revelou que a proposta visa garantir a qualidade, a segurança e o mínimo impacto ambiental dos passeios, que é uma das principais  atividades  turísticas oferecidas na capital. 

A secretária explicou ainda que durante a ação foram checadas a documentação e o estado de conservação das jangadas, os equipamentos de segurança, o padrão de manuseio de alimentos oferecidos nas jangadas-bar, a responsabilidade com os resíduos gerados e o cuidado com os corais das piscinas.

Durante as fiscalizações é realizado um trabalho de sensibilização e conscientização sobre boa conduta durante as atividades.  De todas as embarcações fiscalizadas, apenas uma foi impedida de realizar o passeio porque estava com documentação irregular. “Esse é um ótimo indicativo, porque demonstra que os jangadeiros estão atentos às orientações que têm sido oferecidas  mensalmente nesse tipo de intervenção”, ressalta Tacianna.

Após a fiscalização também foi realizada a retirada de entulhos e barcos sucateados abandonados na praia.  Também participaram da operação a superintendências municipais de Transportes e Trânsito (SMTT), Controle e Convívio Urbano (SMCCU) e Limpeza Urbana (Slum), além da Capitania dos Portos, a Operação Policial Litorânea Integrada (OPLIT), a Guarda Municipal e a Polícia Militar (PM).

*Com assessoria