Internet Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Praia de Maragogi

O turismo em Alagoas é um forte segmento econômico que caminha na contramão da crise vivida pelo país, a informação amplamente divulgada pela mídia se reafirma com os dados divulgados nesta quinta-feira (04), pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

O órgão divulgou um balanço com os indicadores da área, os dados revelam que Alagoas alcançou números superiores aos de 2014, e se manteve ao longo do ano com números acima da média, se comparado aos anos anteriores.

“Estamos muito satisfeitos com os resultados de 2015, pois eles mostram que conseguimos progredir em mercados relevantes na emissão de turistas para Alagoas, como a Argentina e mais ainda na chegada de turistas brasileiros ao estado. Essa conquista é resultado da nova perspectiva dada pelo governador ao turismo, estamos lidando com o setor com políticas públicas que o fortaleçam como um dos pilares do desenvolvimento econômico do Estado”, explicou a secretária de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Jeanine Pires.

Grandes investidores visualizam o potencial local e redes mundiais de hotéis estão inaugurando novos empreendimentos em Alagoas.  Em 2014/2015, o destaque foi para a chegada dos Hotéis Ponta Verde Francês, Expresso R1, Viva Barra de São Miguel, Ibis Arapiraca, Tropicalis Slim, Yes Hotel, Refúgio Hotel e das pousadas Praia Bonita Jatiúca e Marceneiro, que somados aos empreendimentos do Estado contabilizam uma oferta de 35.291 leitos.

Para 2016, estão previstas as inaugurações do Resort Residence Waterfront II, Iberostar (magia), Acqua, Intercity, Novo Hotel Rede Brisa e Salinas Japaratinga.

Hotéis

Para fortalecer o turismo em Alagoas, foi necessário um intenso trabalho de estruturação do destino. Nos últimos oito anos houve um crescimento de 75% da oferta de leitos e a ocupação acompanha esse ritmo, em média 70% ao ano. Ainda de acordo com o levantamento, Alagoas disponibiliza atualmente 35.291 leitos, destes 16.473 estão localizados na capital.

Ao todo, mais de três milhões de turistas visitaram Alagoas no ano passado, que significa um crescimento de mais de 4% comparado ao ano anterior. Destes visitantes, mais de 986 mil desembarcaram no aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, 11.500 escolheram cruzeiros marítimos e os demais vieram a Alagoas por meio de transportes terrestres. A permanência média desses turistas foi de quatro dias.

Turistas

Os paulistas são os turistas que mais visitam Alagoas, representando mais de 33% dos visitantes, os mineiros ficam em segundo lugar, seguidos dos gaúchos. Em 2015, o fluxo hoteleiro de turistas brasileiros cresceu 3,3%, e corresponde a mais de 96% do fluxo total.

Já no mercado internacional os sul-americanos lideram as visitas ao Estado que desperta atenção por suas incomparáveis praias. A pesquisa revelou que o principal emissor de turistas estrangeiros é a Argentina, representando 51% dos visitantes internacionais. O país terá o primeiro voo regular para Alagoas a partir de março, uma conquista do Governo do Estado com a redução do ICMS do querosene de aviação de 17% para 12%, que tem como pré-requisito para adesão ao desconto a criação de voos regulares para o Estado.

Grandes investidores visualizam o potencial local e redes mundiais de hotéis estão inaugurando novos empreendimentos em Alagoas